0
setembro 13, 2013 Posted by GTA in Notícias da Rede GTA, Notícias na mídia

Comunidade do Rio Arimum inicia exploração de 13 espécies de madeira

A Associação Comunitária de Desenvolvimento Sustentável do Rio Arimum (ACDSRA) informou nesta semana a todos os parceiros que, após muita luta, obteve o Plano de Operação Anual para a extração de árvores autorizadas na comunidade. Ao todo, serão cerca de 4,2 mil m³ de madeiras extraídas, pertencentes a 13 espécies florestais. A Associação assinou contrato com a empresa Arca Indústria e Agropecuária LTDA, de Tomé-açu (Pará), para venda e terceirização das atividades de arraste e transporte das madeiras.

O representante da Associação, Genésio da Silva, explica que o plano de manejo traz a perspectiva de melhorar cada vez mais a vida das 48 famílias que fazem parte da Associação, já que a renda obtida com a extração e venda das madeiras é distribuída entre os associados.

“A luta foi intensa. O Pro-manejo nos ajudou a capacitar os comunitários que puderam, entre outras coisas, visitar outras comunidades, conhecer outros planos de manejo. Isso nos ajudou muito a chegar onde chegamos”, declarou Genésio da Silva.

Ele aproveitou para a agradecer a todos os envolvidos neste processo - ICMBio, SFB, IEB,MPF, GTA, IFT, UFPA Altamira, Comitê de Desenvolvimento Sustentável (CDS) - e convidar todos os parceiros a participar de uma reunião de avaliação e reflexão de todo o processo de licenciamento e comercialização da madeira.

A comunidade Arimum é a mais antiga da Resex Verde para sempre, que fica localizada no município paraense de Porto de Moz. Além da extração de madeira, os comunitários vivem da agricultura e pesca para subsistência.

Fotos da Comunidade:

Porto de Moz, Pará

Porto de Moz, Pará

Click to share thisClick to share this