0
setembro 20, 2012 Posted by GTA in Notícias da Rede GTA

Reunião debate agenda para construir Estratégia Nacional de REDD

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, 20/9, na sede do WWF, em Brasília, um encontro de entidades ambientalistas e de movimentos sociais com os representantes da Secretaria de Mudanças Climáticas do MMA para debater Estratégia Nacional de REDD.

Na primeira parte do encontro os representantes das entidades fizeram uma breve apresentação e destacaram as suas expectativa sobre a reunião. Todos ressaltaram que ocorreu uma quebra de diálogo entre a sociedade e o governo, ao mesmo tempo em que foi elogiada a iniciativa do Observatório do REDD, GTA e da SMCQ para a realização da discussão. “Elaborar uma agenda comum entre a União, os Estados e a Sociedade Civil é o nosso desejo”, destacou Natalie Unterstell, da Secretaria de Mudanças Climáticas, no início da reunião.

“Para o CNS é difícil acompanhar essa discussão. Ainda bem que o GTA está assumindo o debate em nome das comunidades da floresta. Queremos entender mais sobre o tema”, destacou Joaquim Belo, representante do Conselho Nacional das Populações Extrativistas – CNS.

“A expectativa é entender os próximos passos, construir uma agenda entre o governo e a sociedade civil”, defendeu Mariana Pavam, do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas – IDESAM.

O Coordenador da reunião, Felipe Bodens, da Rede GTA, relatou o processo de organização da reunião, informou que todas as entidades que compõem o Observatório do REDD foram convidadas para participar. “Mobilizamos o conjunto de organizações que integram o Observatório do REDD para o debate com a Secretaria de Mudanças Climáticas, o objetivo é contribuir para a construção de um documento que represente os interesses comuns do Movimento Social da Amazônia e do Brasil”, disse Bodens.

Reunião com Secretários de Meio Ambiente da Amazônia

A Casa Civil da Presidência da República realizou ontem,19/9, uma reunião com todos os secretários de Estado de Meio Ambiente da Amazônia. Durante o encontro, segundo Natalie Unterstell, foi elaborada uma agenda comum entre a União e os Governos estaduais.

O encontro com as organizações da Sociedade Civil e do Setor Privado tem grande importância na busca de pontos mínimos para a elaboração de um documento.

“Durante meses realizamos discussões internas do Governo Federal, com a participação de seis Ministérios, e conseguimos construir um Programa Mínimo do Governo. Ainda não há consenso, mas avançamos muito,” disse Unterstell. Isso possibilitou que se avançasse nos debates com os governos estaduais e se retomasse a discussão com a sociedade.

Observatório do REDD

Na reunião ocorrida hoje foi definido que o Observatório de REDD será o ponto focal para a realização do debate com a sociedade civil. Novas reuniões serão organizadas, tendo-se como meta, à curto prazo, a elaboração do documento brasileiro para ser levado a COP 11, em Hyderabad na Índia. A discussão não se encerrará, devendo ser retomado o debate entre o governo e a sociedade civil.

Participaram da discussão representantes da Secretaria de Mudanças Climáticas do MMA e das seguintes organizações: SMCQ, DPCD, GMCF, Rede GTA, WWF, IPAM, IDESAM, ICV, FAZ, FUNBIO, CI, TNC, FGV, IEB, CNS, COIAB, Caatinga e ISA.
Click to share thisClick to share this