0
abril 17, 2014 Posted by GTA in Notícias da Rede GTA, Notícias na mídia

VII FÓRUM SOCIAL PAN-AMAZÔNICO EM MACAPÁ

VII Fórum Social Pan-Amazônico – de 28 a 31 de Maio de 2014, em Macapá

O Fórum Social Pan-Amazônico (FSPA) é um evento-processo que busca articular os movimentos sociais, comunidades tradicionais e povos originais dos nove países da Bacia Amazônica (Brasil, Equador, Venezuela, Bolívia, Republica Cooperativa das Guianas, Suriname, Colômbia, Peru e Guiana) com o objetivo de aproximar culturas, quebrar o isolamento das lutas de resistência, fortalecer o combate anti-imperialista, desenvolver a autonomia dos povos, promover a justiça social e ambiental, se opor aos modelos de desenvolvimento predatórios e daninhos aos povos que vivem na Pan-Amazônia e discutir alternativas que construam a justiça e a igualdade social.

Num sentido mais amplo o FSPA é um movimento que faz a crítica ao modelo colonial imposto às populações amazônicas e levanta a bandeira de uma Pan-Amazônia governada por seus povos. O FSPA é um espaço autônomo e independente composto por movimentos, organizações sociais, representações de povos e comunidades, fazendo parte da constelação do Fórum Social Mundial.

VII Fórum Pan-Amazônico.Já foram realizadas seis edições do Fórum Pan-Amazônico. Por decisão do Conselho Internacional (CI) do FSPA, desde 2010, as edições do FSPA são realizadas de dois em dois anos, se revezando com o Fórum Social Mundial (FSM). Este ano a sétima edição acontecerá em Macapá, Amapá.

Em Macapá, o território do Fórum será uma vasta área na orla central da cidade, compreendendo prédios históricos como a Fortaleza de São José e o Mercado Central. Neste perímetro estão localizados auditórios, teatros e salas que serão utilizados para as mesas e palestras além de vias e espaços que servirão para a instalação das Feiras Cultural e de Economia Solidária e para as apresentações de música, dança e teatro. O território do Fórum será exatamente no ponto da cidade que é a marca identitária de Macapá, onde é maior o afluxo de pessoas no fim de semana permitindo que, à beira do rio Amazonas, a população local e os delegados de diversos estados e países se encontrem e confraternizem.

A América Latina, especialmente os países da Pan-Amazônia tem sido nos últimos anos palco de importantes lutas e experiências sociais em busca de um mundo justo e igualitário. Tudo isto será refletido em Macapá, em maio de 2014.

Contribua com suas opiniões e participe desta articulação, a Amazônia agradece!

0.0/60votes
Voting statistics:
RatePercentageVotes
60%0
50%0
40%0
30%0
20%0
10%0
Click to share thisClick to share this